Por que sinto ansiedade “do nada”?

Era quinta-feira à noite, o trabalho do dia estava ok, tinha acabado de jantar. Era hora de relaxar e a grande preocupação era: o que assistir? Mais um capítulo daquela série infinita ou algum show de uma banda no YouTube? Tudo estava indo bem, até que, de repente, as mãos começam a tremer, em questão de segundos a respiração acelera, o coração bate mais rápido, gotas de suor começam a aparecer na testa. Mas o que é isso? Uma crise de ansiedade apareceu do nada.

Se você já se sentiu assim, pego de surpresa por uma reação ansiosa, sem saber porquê, então conhece a sensação de impotência e o sentimento de medo de não ter controle de si mesmo. E mais, se isso aconteceu uma vez, pode acontecer de novo, afinal a ansiedade veio sem avisar. A partir daí começa aquele medo de ter outra crise. Um verdadeiro pesadelo, e parece que você não pode confiar nem sequer no seu corpo. Não é ao acaso que algumas pessoas chamam a reação ansiosa de crise ou ataque de ansiedade.


Mas afinal, por que a ansiedade pode aparecer de repente?


A primeira coisa que preciso dizer a você é: não, ela não veio do nada! Você pode não saber porque ela apareceu, mas vou te ajudar a achar o que pode desencadear sua ansiedade e como isso acontece. Entenda onde está o perigo? E como é que isso para?

Onde está o perigo?


O primeiro ponto é: Seu organismo funciona como um todo, não como partes separadas. A reação de ansiedade é uma preparação do seu corpo para enfrentar algum perigo. E você deve estar se perguntando: mas que perigo? Não estava acontecendo nada quando ela apareceu. Certo, não havia nenhum perigo aparente mesmo. Mas vou te dar um exemplo um pouco mais complexo: Como está sua qualidade de vida? Sono, alimentação, atividade física, relações sociais, amorosas, familiares? Pois é, não cuidar de alguns desses aspectos pode levar o seu corpo ao estresse, tensão, sobrecarga. E, sim, isso é um perigo!


Entende agora? Sua ansiedade não é um invasor, ela é seu sistema de alerta. Seu organismo é um todo conectado com uma complexidade muito maior do que seu raciocínio está se dando conta. Então, amplie sua perspectiva de compreensão. O perigo pode ser sua falta de autocuidado, seu estilo de vida, sua falta de propósito. É por isso que todos os profissionais da saúde dizem: faça atividade física, alimente-se de forma saudável, durma o suficiente. Veja: o seu corpo e o seus profissionais da saúde estão tentando protegê-lo das suas próprias atitudes.

Sei que não é muito confortável perceber isso, mas essa virada de perspectiva tem potencial para transformar sua vida!


Outra dúvida frequente é: mas por que a ansiedade aparece justo nessas horas inesperadas? Cada situação que você vive desperta emoções e aciona reações orgânicas variadas. Algumas das substâncias liberadas nesse processo podem permanecer circulando na sua corrente sanguínea por longos períodos. E qualquer gatilho imperceptível pode saturar seu organismo e acionar o Sistema Nervoso Autônomo desencadeando os tais sintomas de uma reação ansiosa. É por isso que a ansiedade não tem hora para chegar.


Mas é importante você saber que é possível compreender o funcionamento do seu organismo, desenvolver um estilo de vida que não beire a exaustão e lidar com a ansiedade como um sentimento que é seu aliado e não seu invasor.


E como é que isso para?


Enquanto você ainda está no processo de desenvolver novas atitudes diante da vida. É importante que você saiba que uma crise de ansiedade não dura para sempre. Os sintomas mais desconfortáveis costumam passar em cerca de 20 minutos. Então, se você estiver vivendo uma crise ansiosa, acomode-se em um lugar confortável e aguarde seu organismo desacelerar. E, lembre-se, a ansiedade é um alerta e não um ataque!


Vou lhe contar o que acontece dentro de você nesse momento. Seu Sistema Nervoso Autônomo é responsável por manter a homeostase e o equilíbrio do seu organismo. Ele se subdivide em dois processos, o Simpático e o Parassimpático. O primeiro, responsável por ativar os processos autônomos, aqueles que acontecem involuntariamente como batimentos cardíacos e respiração. É esse o sistema que acelera suas funções orgânicas desencadeando a crise ansiosa. Em seguida o outro sistema, o Parassimpático é acionado para reequilibrar o funcionamento do organismo. Ele também a involuntário, mas sua função é exatamente oposta, diminuindo os batimentos cardíacos, a frequência respiratória e a tensão muscular.


Esse processo é super complexo, mas em linhas gerais, sabe o que isso significa? Que seu organismo é confiável! Assim como ele o prepara para lidar com as adversidades, ele também cuida para que você se recupere depois. Então, tudo que você precisa é integrar sua consciência a esse processo, ampliando mais e mais sua percepção sobre como você funciona como um todo integral, com sensações, percepções, pensamentos, sentimentos e reações orgânicas.


Mas, é claro que esse é um processo de aprendizagem complexo. Então é importante passar por uma avaliação médica para verificar se seu organismo está funcionando bem. E se precisar de ajuda para compreender melhor como você funciona, conte com nossa equipe para o que for preciso. Uma Consulta Psicologia on-line ou uma Psicoterapia pode ajudar.


Clique aqui e fale com uma de nossas psicólogas para entender se alguma dessas opções pode ser útil para você.


Maira Flôr

Psicóloga

CRP 12/08932 (48) 99642-9889

Destaques
Recentes
Arquivados
Procure por Tags
Nos Acompanhe
  • Facebook Basic Square
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon

© Espaço Viver 2014. Todos os direitos reservados.

Localização

Endereço

Rua Fritz Müller, nº 50, Salas 601 e 602 Coqueiros - Florianópolis/SC

Telefones

(48) 3039 0907 | (48) 99642 9889

E-mail

contato@espacoviverpsicologia.com

Facebook