Como saber se é a hora de procurar um psicólogo?

"Volto depois de um dia normal e percebo que as coisas não estão acontecendo do jeito que gostaria. Percebo meu sentimento de impotência na vida, minhas relações não estão como gostaria, me sinto com raiva, triste e sem controle das minhas emoções. Fico procurando respostas, mas parece que já não tem saída..."



Se você se identifica com esse relato, isso significa que pode ser um ótimo momento para procurar um psicólogo. Se você quiser saber formas de acesso a um profissional, role até o final desse artigo que você vai encontrar um link. Agora, se quer entender um pouco mais sobre o que eu falei, vou explicar mais para você sobre como um psicólogo pode ajudá-lo.


Você sabia que, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), 86% dos brasileiros sofrem algum transtorno mental, como ansiedade ou depressão? Esses números são assustadores e, ao mesmo tempo, mostram que o que você está sentindo é muito mais comum do que você pensa.


As emoções fazem parte da vida e nossa realidade está cada vez mais acelerada e com muitas transformações e, muitas vezes, não conseguimos compreender e processar as nossas emoções. Sentimo-nos frustrados e, muitas vezes, sem perceber de onde vem esse sentimento tão forte que toma conta da nossa vida, não é? Mas, como saber se as emoções estão prejudicando você a ponto de buscar uma ajuda profissional? Para responder a esta pergunta, vamos passar pelos seguintes pontos:

  • - Quais os principais motivos para buscar um psicólogo?

  • - Estresse escolar e profissional.

  • - Dificuldade nas relações pessoais.

  • - Como o psicólogo pode ajudar em cada uma destas situações?

Então vamos às reflexões:


Quais os principais motivos para buscar um psicólogo?


Você já deve ter tido aquela sensação de estar sem saída e, quando isso acontece, imagino você tentando ser forte, tentando lidar com a pressão e tendo a certeza que precisa dar conta de resolver todos os seus problemas sozinho. "Virar-se sozinho" pode parecer sinal de força, mas o que acontece é um gasto de energia ainda maior, onde o cansaço e a pressão tomam conta e a potência não aparece.


Bem, vamos tentar olhar por outra perspectiva? E se eu lhe disser que no momento em que você se abre para a experiência de estar com profissional que possa caminhar com você, vocês juntos podem achar saídas para a sua dificuldade que você não encontraria sozinho. Quer saber como isso acontece de uma forma mais objetiva? Então, vou lhe mostrar algumas situações que você vive em seu dia a dia ou já viveu, que podem ajudá-lo a compreender melhor quando buscar ajuda.

  1. Estresse escolar e profissional

Desde muito pequenos precisamos aprender a lidar com as responsabilidades de uma tarefa escolar, de uma nota na escola, depois a escolha profissional, até chegar à vida adulta com as responsabilidades de uma profissão.


Nossa vida profissional é tomada por pressões do dia a dia, que podem nos levar à sensação de sobrecarga e impotência quando não conseguimos dar conta das pressões externas e internas. As pressões são muitas e parece que cada vez mais temos que aprender a gerenciar as adversidades de forma mais ágil, pois, sim, podemos correr o risco de perder a oportunidade, afinal o mundo se transforma a cada minuto.




Se você se sente dessa forma, já pode estar tomado pelo estresse com a produtividade e motivação em baixa. Esses são motivos suficientes para consultar um psicólogo.




E como o psicólogo poderia ajudá-lo nesta situação?


Já pensou se no meio de toda esta pressão você encontra uma pessoa capaz de ajudar você a olhar para situação de uma forma mais real e reconhecer sua capacidade de resolução de problemas, e encontrar saídas para lidar com as frustrações de seu dia a dia de uma forma que se sinta mais realizado. Já pensou poder ter um espaço organizador para essas pressões e estresse profissionais que nos tiram do sério, compreendê-las e encontrar um caminho em que você possa desenvolver uma maior adaptabilidade às adversidades? É isso que uma relação terapêutica pode proporcionar.


Vou mostrar mais um exemplo para que você possa compreender como isso acontece nas relações também.


  1. Dificuldades nas relações pessoais

Outra situação que pode tirar o seu sono e fazer você se sentir impotente são as relações pessoais conflituosas. Sabe aquele momento em que encontrar um caminho em comum entre você e a pessoa que ama parece quase impossível? Ou aquele momento em que parece impossível compreender os sentimentos dos seus filhos... Ou ainda quando percebe que já não tem amigos? São todos momentos limítrofes, que anunciam um alerta de perigo para sua saúde mental.


Sabe onde isso desemboca? Naquela sensação de cansaço das relações. Aquele momento em que você gostaria de parar as pessoas por alguns minutos. Pois é, os conflitos relacionais podem mesmo cansar e até mesmo provocar o oposto do que gostaríamos, eles podem afastar você de si mesmo e das pessoas que você mais ama. E você pode fazer isso sem perceber...




Você sabia que o psicólogo pode ajudá-lo a compreender os conflitos relacionais e melhorar a comunicação interpessoal?


Isso mesmo. Ter um profissional em uma das situações acima, pode ajudar você a desenvolver uma comunicação mais clara, onde possa compreender suas emoções e reconhecer a realidade de forma mais transparente e assim desenvolver uma comunicação onde possa se sentir ouvido e ao mesmo tempo compreender as pessoas que estão ao seu redor. Viu? Você não precisa estar sozinho, e procurar um psicólogo nessas situações pode ajudá-lo a se sentir mais leve com suas relações pessoais.


Você deve ter percebido que citei apenas duas situações que são comuns em nosso dia a dia, porém existem outras situações que você pode viver e que vai precisar buscar ajuda de um psicólogo, como, por exemplo Transtornos Psicológicos e situações desafiadoras:

  • - Ansiedade generalizada,

  • - Depressão,

  • - Dependência química,

  • - Fobias,

  • - Situações de perdas e luto,

  • - Dificuldade de adaptação,

  • - Reorganização financeira, entre outras.




Para reconhecer quando é a melhor hora de buscar ajuda de um psicólogo, basta reconhecer seus sentimentos, eles vão ajudar você a perceber aquele momento em que o coração aperta e que não parece uma boa ideia seguir sozinho. Essa pode ser a hora de procurar um psicólogo. Uma pessoa capacitada para ajudar você a descobrir um caminho mais seguro e mais confiável para superar seus desafios e viver de forma mais leve.


Se você está vivendo uma dessas situações ou, ainda, se apenas quer descobrir mais sobre você mesmo, então, clique aqui e fale com uma de nossas psicólogas para entender se uma consulta psicológica pode ser útil para você.


------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------


- Para saber mais sobre atendimento de casal: Quando procurar psicoterapia de casal? Pontos fundamentais da vida a dois.


- Para saber mais sobre atendimento psicológico infantil: Quando procurar um atendimento psicológico infantil?


- Se quiser conhecer a Abordagem Psicológica que trabalhamos: Por que a Abordagem Centrada na Pessoa revolucionou a Psicologia?



Elizabeth Mönster

Psicóloga

CRP 12/09710

(48) 99642-9889 



Destaques
Recentes